Análise Burnout Paradise PS3

By: D!

Produtores: Criterion Games

Editores: Electronic Arts

Vou ser sincero: nunca fui grande fã de Burnout. O único que joguei foi Revenge, na ps2, e não me agradou muito.
Mas este jogo adorei, especialmente devido a ser em mundo aberto. Divirto-me imenso com o jogo e decidi fazer esta review para mostrar os pontos fortes e os pontos fracos. Apontem os meus erros gramaticais e ortográficos, e dêem a vossa opinião sobre o jogo.

Saído já no início de 2008, Paradise saiu nas lojas para PS3 e Xbox 360, sendo a sua principal mudança em relação aos outros títulos o mundo aberto. Toda a cidade está aberta desde o início do jogo, e podemos fazer o que quisermos, onde quisermos. Todos os eventos estão abertos desde o início do jogo, e temos a oportunidade de desbloquear 75 carros, ao avançarmos no jogo e ao completarmos burning routes (cada carro tem uma burning route, que se completarmos ganhamos uma “edição especial” do carro). A cidade está completa de passagens secretas, rampas, cartazes e por aí fora. É uma cidade muito bem detalhada e muito bem desenhada, providenciando desde o início diversão total. Quando começamos um evento, temos a cidade aberta para irmos por onde quisermos. Podemos seguir pelo caminho que a bússola indica, podemos seguir atalhos, ou podemos ir por um caminho mais longo (não aconselhável). Um aspecto negativo é que não podemos recomeçar um evento, tendo de voltar outra vez à linha de partida.

Há vários tipos de eventos em Paradise City: há a Race, corrida normal de um ponto ao outro; a Road Rage, a minha favorita, que consiste em fazermos takedown a um certo número de carros durante um certo tempo, sem sermos “totaled” (podemos passar por uma Auto Repair para repararmos o carro a meio);  a Stunt Run, em que temos de fazer truques e quebrar cartazes, fazer flat spins, entre outros para ganhar pontos, e é em contra-relógio (este evento exige conhecermos muito bem a zona circundante); a Marked Man, onde temos de chegar ao sítio apontado no mapa sem sermos “totaled” e somos perseguidos por carros pretos, fortes e rápidos; e há as já referidas Burning Routes. Para além destas, em cada rua ou avenida há 2 modos: Showtime e de contra-relógio. Em Showtime, o objectivo é causar mais dólares de prejuízo do que apresentado em cima; no contra-relógio, o objectivo é fazer um tempo mais rápido que o apresentado em cima.

O melhor disto tudo são os carros: cada um é específico para um tipo de evento, tendo por isso cada um desses tipos as suas próprias características. Por isso não pensem em fazer Stunt Run com um Carson Inferno Van ou um Marked Man com o Kitano Touge Sport. Ganham os carros como bónus por conseguirem uma determinada carta, e à medida que vão ganhando eventos vão aparecendo novos na cidade. Esta parte é divertida: perseguem o carro pela cidade e, quando conseguirem fazer-lhe um takedown, basta ir buscá-lo à Junk Yard e pegar nele.

Os gráficos são muito bons, sendo Paradise City uma cidade bela e com óptimo design, tendo os carros também um óptimo design e os acidentes são lindos. De referir que o som também está fenomenal, a dar uma grande sensação de velocidade e com músicas muito boas e muito fixes para acompanhar durante uma jogatina.

Passam o jogo ganhando novas cartas de condução, através do completar de eventos. Podem passar o jogo para terem a Carta de condução de classe Burnout (dando aí os créditos de jogo), ou podem tentar passar a 100% e ganharem a Carta de Condução Burnout Elite. Uma coisa é certa: os melhores carros vêm depois de terem a carta Burnout, por isso vale a pena.
E o modo online pode ser accionado quando quiserem com o carregar de um botão, enquanto passeiam por Paradise City.
Se este jogo é super-divertido jogado sozinho, imaginem com os amigos. 😀

Em suma, Burnout Paradise é um jogo super-divertido, com uma cidade totalmente aberta e cheia de vida. Comprem-no e não se arrependerão.

Gráficos – 90
Jogabilidade – 85
Som – 95
Valor – 90
Pormenores – 90

Nota final – 90/100

Anúncios

8 Responses to “Análise Burnout Paradise PS3”


  1. 1 Gustavo Vasconcelos Julho 7, 2009 às 7:22 pm

    Esse jogo é muito animal. Com frequencia (uma ou duas vezes por mês) organizamos o MMBB – Mega Multiplayer Burnout Brasil. Desde a segunda edição, é sala lotada o tempo todo.

    Não vejo por que não possamos abrir para os colegas patrícios!

  2. 2 victor95 Julho 8, 2009 às 1:24 pm

    Boa análise, bem interessante e fala mesmo do jogo. Mas evite repetição durante os parágrafos, tirando isso a análise está bem completa e evite deixar os vídeo jogados todos no final do texto, distribue-os pela a análise, eliminando algumas imagens.

    Continue escrevendo boas análises como esta.

  3. 3 lightningtramp Julho 10, 2009 às 11:51 am

    É essa a questão: eu gosto de pôr as imagens.
    Obrigado pelas críticas, vou tentar evitar a repetição durante os parágrafos.

    Cumps 😉

  4. 4 MEU NOME É LUCSOR,JAMES LUCSOR Abril 26, 2010 às 9:05 pm

    AINDA BEM QUE VOU GANHAR EM JUNHO MEU XBOX 360 PORQUE EU NÃO AGUENTO MAIS ESPERAR, E O MELHOR JOGO DE CARRO ATÉ AGORA QUE EU JOGUEI NO XBOX 360 FOI BURNOUT PARADISE,QUE EU SÓ JOGUEI QUANDO FUI PARA UMA LOJA DIZENDO QUE EU IA COMPRAR UM JOGO DE XBOX 360!

  5. 5 nsnkj Junho 12, 2010 às 7:02 am

    esse jogo para ps3 e e irado mesmo,eu tenho ele e nunca enjoo de jogar com certeza esse e o mais realista e o melhor jogo de carro que existe agora.

  6. 6 Luis Gustavo Junho 12, 2010 às 9:44 pm

    Eu também gostei pra caramba, o meu é de PS3 e queria que as pessoas que jogam tbm no PS3 colocassem com é o ID pra que nós possamos jogar juntos.
    A Análise foi ótima, parabéns.
    Desabafo: Que droga eu ainda sou Carteira B (MERDA)!
    KKK ‘

  7. 8 Leffa Novembro 26, 2010 às 8:55 pm

    Gostaria de saber como fica para jogar no mano a mano, off-line. Alguem sabe me dizer???
    Achei massa o jogo, mas quero um jogo de corrida que de para jogar com a galera bebassa aqui em casa!!!


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s




Julho 2009
S T Q Q S S D
« Jun   Ago »
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  

Os Hunters

Visitas

  • 139,670 Visitas

Twitter

Erro: Twitter não está a responder. Por favor espere alguns minutos e recarregue esta página.


%d bloggers like this: